O homem que zela pela segurança...

Muitas pessoas optam por viver emapartamentos pela questão da segurança. Contudo, para que a proteção seja real,é imprescindível que uma séria de ações sejam tomadas. Uma das pessoas maisexpostas ao público e, conseqüentemente, com maior responsabilidade sobre a tranquilidadedos edifícios, é o porteiro. É essencial que ele, assim como outrosprofissionais que trabalham em um prédio saiba  agir em diversos tipos de situações.
Manuel tem 29 anos e é um dos porteirosdo Condomínio Unique. Sua experiência é vasta. Antes de chegar ali, já havia trabalhadona portaria do Solar dos Colibris e no Village Towers, onde se orgulha de dizerque decorou mais de 200 placas de carros.
Decorar as placas dos veículos que saeme adentram ao prédio diariamente é uma das medidas que ele toma para aumentar asegurança. Procura também sempre observar bem a fisionomia das pessoas.Contudo, os residentes são peças fundamentais para que os riscos sejamreduzidos. Atos simples como, ao chegar de carro, desligar o farol e acender aluz interna do veículo contribuem para que a proteção seja garantida.
Outra atenção constante é com relaçãoaos prestadores de serviços. É necessário que o porteiro esteja sempredevidamente informado e sem sua autorização prévia, ninguém deve passar doportão...
Na portaria, a atenção de Manuel é contínua.Sabe que muitos problemas podem acontecer caso alguém mal intencionado adentre.“Você é rendido e o resto entra depois. A mulher bonita pode estar armada”,diz. Por isso, afirma que dispensa o mesmo tipo de tratamento a qualquerpessoa, seja ela criança, jovem, adulto, com carro importado ou velho, bemvestida ou maltrapilha... e, nem adianta reclamar.
Manuel preza a segurança e honra seupapel de “garantir o sono tranqüilo dos moradores”, como ele mesmo diz. Assim,todos podem sonhar descansados, porque ele está de olhos bem abertos!
Fonte: Teixeira Pinto

D10c7a71dddcc922308a2ad7a360bb47da3c5334c1388b0aa52ff34435ad?1443467553